MEU FACEBOOK: https://www.facebook.com/lucio.lopes.5 http://filoparanavai.blogspot.com.br/

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Compreendendo de maneira simples o MITO

TEXTOS PEDAGÓGICOS
por Lucio Lopes


Apenas os Gregos Antigos possuíram um Saber denominado de Mito? A resposta a esta questão é simples: NÃO. Além dos gregos podemos afirmar de forma objetiva que todos os povos antigos foram detentores desta forma de saber que apesar das diferenças de região para região, de povo para povo, em comum, essa forma de saber era utilizada para oferecer explicações em relação aos fenômenos naturais e sociais. Ao mesmo tempo, por exemplo, que explicava a erupção de um vulcão podia controlar as relações sociais levando a uma harmonia coletiva. Outra coisa em comum era o fato de que o Mito sempre estará carregado de crenças religiosas. O SOBRENATURAL sempre explica os fenômenos do mundo NATURAL. Foi apenas a partir da segunda metade do século XX que o mito recebeu nova abordagem filosófica e antropológica e assumiu caráter de grande importância na compreensão humana. 

Como ainda a escrita não era de domínio da maioria dos homens daquele tempo, a forma de linguagem que mais prevalecia era a alegórica. Por meio de ESTÓRIAS que sempre possuíam uma autoridade divina, guardadas na memória coletiva, repassadas de pais para filhos [tradição oral]. Estas "estórias" eram sempre carregadas do fantástico, do fantasioso. Mito, portanto, tem caráter sagrado, com perspectiva religiosa, que conta (narrador) alguma revelação primordial e apresenta modelos exemplares de conduta humana, dão sentido e valor à existência humana. Apaziguando a mente questionadora do homem que busca tudo compreender.

Então o MITO era um conjunto de mentiras? A resposta objetivamente é: NÃO. Não eram mentiras porque a questão da verdade aqui reside na forma de saber predominante. O Mito era uma fonte de verdades para aqueles que nele acreditavam. Portanto, aqui estamos falando de verdades subjetivas que sustentavam a compreensão do coletivo social e do mundo da natureza como um todo. O Mito era a única possibilidade de compreensão da realidade antes da Filosofia e Ciência surgirem na Jônia, entre os séculos VII e VI a.C..

Esta questão da verdade é muito complexa. Abordarei em futuros textos quando chegarmos em Platão e Aristóteles. Mas já adiantando esta discussão posso afirmar que a verdade existe apenas em relação a ela mesma em diferentes referenciais epistemológicos, ou seja, dependerá de que referencial de conhecimento estamos tratando. Aquilo que chamamos de mentira só é possível neste caso quando exigimos dos sujeitos em comunicação que apresentem os argumentos que fundamentam suas verdades. Assim, há que afirmar que não existe verdade e, sim, verdades. Podemos apontar uma verdade Religiosa, ou do Senso Comum, ou ainda, da Filosofia ou Ciência. Apenas para  nos ater aos conhecimentos mais utilizados pelo homem contemporâneo para interpretar e intervir na realidade concreta.

O Mito tinha suas verdades e foi graças a elas que o "Gênio Grego" nos possibilitou a DÚVIDA, O ESPANTO, A ADMIRAÇÃO, A OBSERVAÇÃO,  ENFIM, A RACIONALIZAÇÃO METÓDICA, condições primárias para que pudessem nascer tanto a Filosofia quanto a Ciência.

O mito conta uma história sagrada; ele relata um acontecimento ocorrido no tempo primordial, o tempo fabuloso do “princípio”. Em outros termos, o mito narra como, graças à façanhas dos entes sobrenaturais, uma realidade passou a existir, seja uma realidade total, o Cosmo, ou apenas um fragmento: uma ilha, uma espécie vegetal, um comportamento humano, uma instituição. É sempre, portanto, a narrativa de uma “criação”: ele relata de que modo algo foi produzido e começou a ser. O mito fala apenas do que realmente aconteceu, do que se manifestou plenamente. Os personagens dos mitos são os entes sobrenaturais. Eles são conhecidos sobretudo pelo que fizeram no tempo prestigioso dos “primórdios”. Os mitos revelam, portanto, sua atividade criadora e desvendam a sacralidade (ou simplesmente a “sobrenaturalidade”) de suas obras. Em suma, os mitos descrevem as diversas, e algumas vezes dramáticas, irrupções do sagrado (ou do “sobrenatural”) no mundo. É essa irrupção do sagrado que realmente fundamenta o mundo e o converte no que é hoje. E mais: é em razão das intervenções dos entes sobrenaturais que o homem é o que é hoje, um ser mortal, sexuado e cultural. O mito é considerado uma história sagrada e, portanto, uma “história verdadeira”, porque sempre se refere a realidades. O mito cosmogônico é “verdadeiro”, porque a existência do mundo aí está para prová-lo; o mito da origem da morte é igualmente “verdadeiro”, porque é provado pela mortalidade do homem, e assim por diante. Uma vez “dito”, quer dizer, revelado, o mito torna-se verdade apodítica: funda a verdade absoluta. [ELIADE, Mircea. Mito e Realidade. São Paulo: Perspectiva, 1972.]

Em construção...

MENSAGEM DE LULA AOS TRABALHADORES NO DIA PRIMEIRO DE MAIO



Mensagem 
ao Povo Brasileiro no Dia do Trabalhador

Meus amigos, minhas amigas, o Brasil vive esse 1º de maio com tristeza mas esperança.

É com tristeza que vivemos um momento onde a nossa democracia está incompleta, com um presidente que não foi eleito pelo povo no poder. O desemprego cresce e humilha o pai de família e a dona de casa. Em uma força de trabalho superior a 100 milhões de pessoas, apenas 33 milhões têm carteira assinada, o número mais baixo em 6 anos.

Uma multidão de mais de 13 milhões está desempregada e outros tantos milhões em subempregos ou na informalidade. O país sofreu com a reforma do governo Temer o mais duro golpe nos direitos conquistados pelos trabalhadores ao longo do século XX.

É com tristeza que vemos a economia patinar, conquistas democráticas serem revogadas e a maioria da população fazendo sacrifícios diariamente. O direito ao trabalho, a proteção da lei, ao estudo, ao lazer tem sido cada vez mais restritos. A mesa já não é farta, e até para cozinhar o pouco que tem muitas famílias catam lenha porque não podem mais pagar o bujão de gás. Crianças e jovens perdem o futuro que lhes garantimos e a porta de acesso ao ensino superior que tiveram nos governos nos quais servimos em benefício daqueles que mais precisavam.

Vocês se lembram da prosperidade do Brasil naqueles tempos. Quando o Brasil ia bem e parte da imprensa reclamava o tempo inteiro.

Agora o Brasil vai mal e os mesmos falam em “retomada da economia”. A sabedoria popular contra essa propaganda massiva, em especial das Organizações Globo, que controlam a maior parte das comunicações desse país, revela-se nas pesquisas, onde o povo mostra que sabe o caminho para voltar a ter um Brasil melhor, com mais inclusão social, democracia e felicidade.

Um Brasil onde os trabalhadores tenham direito a ter direitos. Onde os trabalhadores possam ter uma vida digna. Onde as crianças possam ter uma boa educação. Onde nenhum menino ou menina passe fome ou fique pedindo esmola em um farol. Onde o filho do pedreiro possa fazer uma faculdade e virar doutor. Um país do qual possamos ter orgulho.

Sabemos que esse Brasil é possível. Mais do que isso, já vivemos nesse Brasil há muito pouco tempo atrás.

Por isso a esperança! A esperança que retomamos neste 1.º de Maio unificado não é apenas um desejo, é algo que buscamos em nossa luta democrática em todos os dias. Ela nos fortalece para superarmos o triste momento presente e para construir um futuro de paz e prosperidade.

Viva o Dia dos Trabalhadores! Viva os trabalhadores brasileiros! Viva o Brasil!

Luiz Inácio Lula da Silva

Curitiba, 1 de maio de 2018

O dia Primeiro de Maio foi o dia de #LulaLivre no Brasil e no mundo. Em Curitiba, uma multidão tomou as ruas e foi até bem perto do prédio onde Lula continua prisioneiro político das forças golpistas que dominam os três poderes do Brasil: Executivo, Legislativo e Judiciário. Nas últimas semanas a ocupação do Triplex pelo movimento MTST desmoralizou de vez os componentes da Força Tarefa denominado Lava a Jato. Na verdade, cada vez fica mais claro para a opinião pública tanto no Brasil quanto no exterior que o processo contra Lula não passa de uma farsa para impedi-lo de concorrer às eleições presidenciais de 2018. Lula continua candidato do PT à presidência. As elite financeiras seguem com o plano do golpe a todo preço sangrando a Democracia e rasgando a Constituição Federal do Brasil (1988). 

Veja imagens em vídeos do dia Primeiro de Maio em Curitiba, no  Paraná.

QUANDO SÃO AS MÃES QUE CHORAM OS FILHOS... A RELAÇÃO VIOLÊNCIA E RACISMO NO BRASIL!

A VIOLÊNCIA QUE TEM COR. EM UM PAÍS QUE VIVEU 400 ANOS DE ESCRAVIDÃO MÃES NEGRAS CONTINUAM CHORANDO SEUS FILHOS. No Brasil, sete em cada dez pessoas assassinadas são negras. Na faixa etária de 15 a 29 anos, são cinco vidas perdidas para a violência a cada duas horas... 10 de Maio tem que ser uma data para refletirmos e lutarmos politicamente por um Brasil onde reine a Democracia, a justiça e a equidade, a humanidade e a diversidade! 

É DE SE ESPERAR QUE OS FILHOS CHOREM POR SUAS MÃES E NÃO O CONTRÁRIO... No Brasil, mães negras têm três vezes a mais de chances de perderem seus filhos para a violência. A cada 23 minutos, um jovem negro é assassinado no Brasil. São 63 mortes por dia, que totalizam 23 mil vidas negras perdidas pela violência letal por ano. De acordo com pesquisa do Senado Federal: 56% da população brasileira concorda com a afirmação de que “a morte violenta de um jovem negro choca menos a sociedade do que a morte de um jovem branco”. Para Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil e coordenadora do Grupo Temático de Gênero, Raça e Etnia da ONU Brasil: "Isso revela a permissividade com o racismo. O racismo se manifesta tanto nas relações pessoais quanto institucionais e termina na violência extrema que é o assassinato três vezes maior de jovens negros. São índices alarmantes. Para o assassinato de jovens negros, não tem outra justificativa a não ser a incapacidade da sociedade brasileira de dar oportunidades para todo mundo e tratar todo mundo como igual”. (Fonte: https://nacoesunidas.org/)

No governo golpista e corrupto dos ricos, a pobreza e a miséria aumentam a passos largos e os negros são as maiores vítima da desumanidade de nossa elite atrasada, racista e egocêntrica.

VALE A PENA REFLETIR... O início do poema "Adeus à hora da largada" recitado pela garotinha angolana Wende, Vídeo de "ANGOLA ESCOLA", pode nos ajudar e muito a repensar nossa realidade ...

Poema completo: 
Adeus à hora da largada (Agostinho Neto)

Minha mãe 
(todas as mãe negras 
cujos filhos partiram)
tu me ensinaste a esperar
como esperaste nas horas difíceis

Mas a vida
matou em mim essa mística esperança
Eu já não espero
sou aquele por quem se espera

Sou eu minha Mãe
a esperança somos nós 
os teus filhos
partidos para uma fé que alimenta a vida

Hoje
somos as crianças nuas das sanzalas do mato
os garotos sem escola a jogar a bola de trapos
nos areias ao meio-dia
somos nós mesmos
os contratados a queimar vidas nos cafezais
os homens negros ignorantes
que devem respeitar o homem branco
e temer o rico
somos os teus filhos
dos bairros de pretos
além aonde não chega a luz eléctrica
os homens bêbedos a cair 
abandonados ao ritmo dum batuque de morte 
teus filhos
com fome
com sede
com vergonha de te chamarmos Mãe
com medo de atravessar as ruas 
com medo dos homens
nós mesmos

Amanha
entoaremos hinos à liberdade
quando comemorarmos
a data da abolição desta escravatura

Nós vamos em busca de luz
os teus filhos Mãe
(todas as mães negras
cujos filhos partiram)
vão em busca de vida. 

quinta-feira, 26 de abril de 2018

MÚSICA #LulaLivre #FreeLula #LulaLibre


🎼BETH CARVALHO🎶, que dispensa apresentações, canta a música #LulaLivre #LulaLibre #FreeLula 🎵 de autoria do compositor e cantor Claudinho Guimarães (um dos melhores desta geração do samba brasileiro).✔

O cantor, compositor, cavaquinhista e arranjador Claudinho Guimarães, 47 anos, tem dois CDs solos gravados: “Luz do criador” (2009), com participação de Almir Guineto e Beth Carvalho, e “De bem com a vida” (2014). Antes desses registros, o músico já acompanhava intérpretes de samba em shows, além de comandar rodas de samba. 

Tem inúmeras composições gravadas por grandes artistas, como Beth Carvalho, Alcione, Diogo Nogueira e Zezé Motta. Seu parceiro mais constante é Serginho Meriti. Juntos, fizeram os sucessos “Quando a gira girou” na voz de Zeca Pagodinho, que também já gravou outros sambas de Claudinho, como “Lá vai marola” (com Serginho Meriti) e “Shopping móvel” (com Luisinho Toblow). Outro parceiro constante dele é o violonista Evandro Lima, que produziu seu primeiro CD. 

Claudinho mora hoje em Maricá (RJ), onde nos últimos anos o samba cresceu muito, segundo ele. Mas o músico tem raízes na Zona Oeste do Rio. “Nasci em Marechal Hermes, mas fui criado em Rocha Miranda. Vivi em muitos lugares do subúrbio também”, conta esse músico que não chegou a completar o ensino médio, mas afirma que a “vivência” e as “esquinas da vida” o ensinaram muito. 

“Eu sei o que é viver na comunidade, onde você troca comida. Conheço bem essa realidade por que vive nela”, conta. Claudio explica que não é político, mas tem “simpatia pelo lado que tem dificuldade, o menos favorecido”. Fonte: GGN {www.horia.com.br/)

domingo, 22 de abril de 2018

#LulaLivre #FreeLula #LulaLibre O abuso de poder por parte do judiciário, o Estado de Exceção e a Farsa do Triplex - "Purificados, sairemos melhores e orgulhosos de nossa resistência, de nossa indignação e da coragem de resgatar a partir das ruas e pelas eleições um Estado de direito."

"A pequenês de espírito de nossos juizes da Lava Jato e a negação de um direito assegurado a um Prêmio Nobel da Paz de visitar um seu amigo encarcerado, no espírito de pura humanidade e de calorosa solidariedade envergonha nosso país, apenas comprova que efetivamente estamos sob a lógica negadora de democracia num regime de exceção", diz o teólogo Leonardo Boff, que foi impedido pela juíza Catarina Lebbos de visitar o ex-presidente Lula; "Mas o Brasil é maior que sua crise. Purificados, sairemos melhores e orgulhosos de nossa resistência, de nossa indignação e da coragem de resgatar a partir das ruas e pelas eleições um Estado de direito."




E o famoso Triplex que a "FARSA A JATO"inventou para tirar Lula da corrida presidencial foi a notícia da semana que passou. Um apartamento simples, sem reforma e sem mobília de luxo, tudo ao contrário do que atesta o processo sentenciado por Moro. Já não bastasse Lula não ser dono do Triplex, movimentos sociais que ocuparam o apartamento fizeram uma vistoria negada por Moro à defesa. Ou seja, ficou claro porque Moro nunca permitiu a vistoria. Era uma farsa e Lula segue preso político.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...