http://filoparanavai.blogspot.com.br/

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A BURGUESIA FEDE HOJE MAIS DO QUE QUANDO CAZUZA CANTOU..."Vamos acabar com a burguesia Vamos dinamitar a burguesia Vamos pôr a burguesia na cadeia Numa fazenda de trabalhos forçados Eu sou burguês, mas eu sou artista Estou do lado do povo, do povo..."





QUEM ACREDITA NA BURGUESIA... ???
 
Existem ainda pessoas ingênuas acreditando que, respeitadas as regras da democracia burguesa, tudo correrá normalmente vença quem vencer uma disputa eleitoral. Estes não perceberam que o compromisso da burguesia com a democracia é zero.

AOS ABESTALHADOS COXINHAS QUE DIZEM QUE O GOVERNO DÁ "LUZ PARA TODOS", "BOLSA FAMÍLIA" PARA OS POBRES; PROUNI PARA ESTUDANTES, ETC. COM O DINHEIRO ALHEIO - NÃO SABEM NADA E NÃO PASSAM DE UMAS BESTAS MESMO. Todo brasileiro paga imposto, quem paga imposto é o trabalhador, o povo. Os mais ricos sempre dão um jeito de sonegar, sonegam trilhões e são os maiores corruptos do país. O governo apenas redistribui para quem necessita. Um pobre que recebe bolsa família, por exemplo, não está recebendo favor algum do Estado. Apenas, em um momento difícil de sua vida, está recebendo o auxílio que o Estado democrático e justo tem a obrigação de fazê-lo. 

Cazuza era burguês, abominava a burguesia, pois ele sabia que a burguesia odeia a democracia, odeia o povo...

Os defensores de um impeachment de Dilma nos dias de hoje não passam de uns "anencéfalos políticos" que vivem defendendo os interesses da burguesia financeira brasileira, os políticos perto dessa elite são um nada em termos de corrupção. Sonegam trilhões, dinheiro roubado dos cofres públicos. Protegidos por grandes instituições bancárias e pela justiça brasileira: [entenda-o-caso-dos-vazamentos-do-hsbc-DÊ CLIQUE AQUI]

 

A burguesia fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia

A burguesia não tem charme nem é discreta
Com suas perucas de cabelos de boneca
A burguesia quer ser sócia do Country
A burguesia quer ir a New York fazer compras

Pobre de mim que vim do seio da burguesia
Sou rico mas não sou mesquinho
Eu também cheiro mal
Eu também cheiro mal

A burguesia tá acabando com a Barra
Afunda barcos cheios de crianças
E dormem tranqüilos
E dormem tranqüilos

Os guardanapos estão sempre limpos
As empregadas, uniformizadas
São caboclos querendo ser ingleses
São caboclos querendo ser ingleses

A burguesia fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia

A burguesia não repara na dor
Da vendedora de chicletes
A burguesia só olha pra si
A burguesia só olha pra si
A burguesia é a direita, é a guerra

A burguesia fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia

As pessoas vão ver que estão sendo roubadas
Vai haver uma revolução
Ao contrário da de 64
O Brasil é medroso
Vamos pegar o dinheiro roubado da burguesia
Vamos pra rua
Vamos pra rua
Vamos pra rua
Vamos pra rua
Pra rua, pra rua

Vamos acabar com a burguesia
Vamos dinamitar a burguesia
Vamos pôr a burguesia na cadeia
Numa fazenda de trabalhos forçados
Eu sou burguês, mas eu sou artista
Estou do lado do povo, do povo

A burguesia fede - fede, fede, fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia

Porcos num chiqueiro
São mais dignos que um burguês
Mas também existe o bom burguês
Que vive do seu trabalho honestamente
Mas este quer construir um país
E não abandoná-lo com uma pasta de dólares
O bom burguês é como o operário
É o médico que cobra menos pra quem não tem
E se interessa por seu povo
Em seres humanos vivendo como bichos
Tentando te enforcar na janela do carro
No sinal, no sinal
No sinal, no sinal

A burguesia fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...