http://filoparanavai.blogspot.com.br/

quarta-feira, 19 de junho de 2013

MOMENTOS OPORTUNOS PARA A ALIENAR AINDA MAIS O POVO BRASILEIRO: A COPA E O PAPA


QUER UMA ANTECIPAÇÃO DE COMO SERÁ A PASSAGEM DO PAPA NO BRASIL E A COBERTURA DA REDE BOBO DE TELEVISÃO? Papa anda de havaianas na favela do Alemão; papa dispensa salmão no almoço e pede ovos fritos; papa doa anel de rubi para família pobre do morro de Dona Marta; papa pega no colo bebê em favela; papa troca Hotel de 5 estrelas por hotel sem estrelas; papa anda de buzão no Rio de Janeiro... O papa pobre está se transformando também no papa conversinha... 

VEJA SÓ QUANTA IRONIA... JÁ NÃO BASTASSE O FELICIANO E SUA "CURA GAY" AQUI NO BRASIL, A CADA DIA QUE PASSA O PAPA HOMOFÓBICO; DE PARTICIPAÇÃO QUESTIONÁVEL NA DITADURA MILITAR ARGENTINA; O MESMO QUE AFIRMOU QUE AS MULHERES NÃO PODEM EXERCER CARGOS POLÍTICOS E DEVEM SER SUBMISSAS AOS HOMENS, AGORA DIZ em missa no Vaticano, defender o batismo de filhos de mães solteiras. “Somos muitas vezes controladores da fé, em vez de facilitadores”, disse o papa ao se referir a algum padre que se recusa a batizar uma criança filha de mãe solteira. “Essa mulher teve a coragem de continuar a gravidez. E o que encontra? Uma porta fechada?”, completou. 

Engraçado, depois de jogar as mães solteiras no inferno em séculos de história vir agora com esse discurso de compaixão. Mulheres em números incontáveis foram "excomungadas", discriminadas, condenadas, rejeitadas em comunidades, só por serem mães solteiras. Que fosse apenas um caso já seria repudiável. Então um discurso conversinha e tudo bem??? 

Palavras soltas ao vento nada mais que palavras. No período escravocrata os discursos papais também eram bonitos e exaltavam que o Negro também era gente. Mas a práxis da Igreja sempre foi funesta. Legitimava a ideologia escravocrata que além de impor a escravidão, eliminou impiedosamente milhões de negros africanos. O apoio da Igreja Católica não tinha nada a ver com Deus e sim com o dinheiro que provinha dos donos de escravos. 

No passado a Igreja Católica acusava os judeus de assassinos de Jesus; condenava ao limbo crianças mortas sem batismo;ao inferno quem era suicida; pecador sem solução quem era homossexual; censurava o empréstimo a juros enquanto estava sentada sobre os títulos de terras como a maior proprietária rural da história; mandava para a fogueira pensadores contestadores, mulheres que queriam liberdade e autonomia, homossexuais; em outras palavras, sempre fez um discurso bonito de misericórdia mais foi impiedosa, sempre fez um discurso de desapego e pobreza mas sempre foi rica e quando achava que o dinheiro provindo das terras não era suficiente vendia a ilusão de terrenos no céu ou perdão de pecados em troca de grana. Sempre esteve do lado de quem era rico e tinha poder. Do lado dos imperadores Romanos, do lado da nobreza feudal, do lado das potências da modernidade Portugal, Espanha; do lado do Império Norte Americano e de mãos coladas às dos capitalistas. Pobre e pobreza nunca passou de "discurso romântico" muitas vezes usado apenas para manter os pobres submissos diante dos ricos, para manter o status quo de uma sociedade extremamente desigual. A Igreja mudou hoje, onde? 

Só mudou o contexto histórico, mas ela continua jogando palavras ao vento e nada mais que palavras ao vento por intermédio desse papa que não será mais que transitório e logo virá outro e, a Igreja continuará a sua sina de arrogâncias sem punição, sem contestação. Por que só a ditadura militar no Brasil merece um tribunal da verdade? A igreja também deveria enfrentar um para descobrirmos os números reais de mortos nas inquisições em 11 séculos, mortes estas contadas aos milhões de pessoas segundo historiadores sérios. Inclusive uma dezena de mortos aqui no Brasil condenados pela "Santa Inquisição" que de santa não tinha e nem tem nada. 

A Igreja Continua rica, continua moralista e impiedosa apesar de seu discurso de misericórdia já desbotado pelo tempo mas que nunca encarnou, com raras exceções de encarnações em um ou outro verdadeiro cristão.Ontem vendia indulgências, hoje comanda uma indústria do milagre e vende ilusões para um povo sofrido. QUER SER DO LADO DOS POBRES? Denuncia a desigualdade social gritante no Brasil; diga aos ruralistas [2% da população brasileira] que concentram mais de 60% das terras agricultáveis do país que entreguem suas terras à milhões de famílias sem-terra; que os capitalistas repartam os lucros com os pobres; que os governos combatam a corrupção com mão pesada e ofereçam serviços públicos de qualidade... Mas que a Igreja se junte aos jovens nas ruas para fazer tudo isso acontecer de verdade e não seja apenas conversinha de papa. Que ela se despoje de suas riquezas de verdade e calce chinelos, não apenas um dia para os fotógrafos, mas todos os dias indo ao encontro do povo sofrido nas periferias. 


Retomo outra vez meu grifo: Engraçado, depois de jogar as mães solteiras no inferno em séculos de história vir agora com esse discurso de compaixão. A práxis da Igreja não é a compaixão concretamente e sim, é a discriminação. Não há que se iludir.


Filoparanavai 2013

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...