RECOMENDE O BLOG FILOPARANAVAI PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

    domingo, 14 de março de 2010

    Conhecimentos gerais: 7 maravilhas do Planeta

    Counter



    As Sete Maravilhas do Mundo


    A lista das sete maravilhas da antigüidade tem origem desconhecida
    ou no mínimo duvidosa. A primeira referência às sete maravilhas do mundo
    antigo é geralmente atribuída ao poeta e escritor grego Antípatro de Sídon,
    que descreveu as maravilhas em um poema no século 2 a.C. Outro documento
    que contem tal lista é o livro De septem orbis miraculis, do engenheiro grego
    Philon de Bizâncio. A lista também é conhecida como Ta hepta Thaemata -
    "as sete coisas dignas de serem vistas".
    Em 2006 a fundação New 7 Wonders estabeleceu um projeto
    para escolher as novas sete maravilhas do mundo. Para isso,
    no dia primeiro de janeiro deste ano deu início a um concurso
    para eleger as novas sete maravilhas.
    As maravilhas da antigüidade, são as Pirâmides de Giza,
    Jardins Suspensos da Babilônia, a Estátua de Zeus em Olímpia,
    o Templo de Artemis em Éfeso, o Mausoléu de Halicarnasso,
    o Colosso de Rodes, e o Farol de Alexandria.




    Pirâmides de Giza
    Mais conhecidas como as Pirâmides do Egito, Keóps, Quéfren e
    Miquerinos
    eram as tumbas para os reis Kufu, Quéfrem e Menkaure.
    Keóps, a Grande Pirâmide,
    com seus 147 metros foi até 1900 a construção mais alta
    realizada pelo homem,
    sendo superada pela Torre Eiffel (o recorde durou mais de 4000 anos).
    A grande diferença das Pirâmides de Gizé em relação às outras maravilhas
    do mundo é que elas ainda persistem, resistindo ao tempo e às intempéries
    da natureza, encontrando-se em relativo bom estado e, por este motivo,
    não necessitam de historiadores ou poetas para serem conhecidas,
    já que podem ser vistas.





    Jardins Suspensos da Babilônia
    Construído pelo Rei Nabucodonosor, os jardins foram construídos
    com montes artificiais de terra. Eram apoiados em colunas de
    25 a 100 metros de altura e constituído de terraços arborizados.
    construídos por volta de 600 a.C., às margens do rio Eufrates,
    na Mesopotâmia - no atual sul do Iraque. Os jardins, na verdade,
    eram seis montanhas artificiais feitas de tijolos de barro cozido,
    com terraços superpostos onde foram plantadas árvores e flores.
    Calcula-se que estivessem apoiados em colunas cuja altura
    variava de 25 a 100 metros. Para se chegar aos terraços subia-se por uma
    escada de mármore; entre as folhagens havia mesas e fontes.
    Os jardins ficavam próximos ao palácio do rei Nabucodonosor II, que os
    teria mandado construir em homenagem à mulher, Amitis, saudosa das
    montanhas do lugar onde nascera. A irrigação era feita com água do
    Rio Eufrates. Foram destruídos juntamente com o templo.



    Estátua de Zeus
    Construida em homenagem à Zeus (outro Deus Grego), a estátua
    contruída no final do século Va.c.,tinha 12 metros de altura.
    Pouco se sabe sobre sua destruição,
    mas a hipótese mais provável
    é que após ser levada à Constatinopla,
    foi destruída em um incêndia
    em 462 d.c. Como divindade suprema do Olimpo,
    chamado "pai dos deuses e
    dos homens", Zeus simbolizava a ordem
    Zeus é o personagem mitológico que, segundo Hesíodo
    e outros autores,


    nasceu de Réia e de Cronos, o qual engolia os filhos
    para evitar que se cumprisse
    a profecia de que um deles o destronaria.
    Após o nascimento de Zeus, Réia ocultou
    a criança numa caverna, em Creta, e deu uma pedra envolta em faixas para o marido
    engolir. Quando chegou à idade adulta, Zeus obrigou
    o pai a vomitar todos os seus irmãos,
    ainda vivos, e o encerrou sob a terra. Transformou-se então no novo senhor supremo
    do cosmo, que governava da morada dos deuses, no cume do Monte Olimpo.



    Templo de Artemis
    Construída para a Deusa grega da caça e protetora dos animais
    selvagens estava localizado em Éfeso. Sua construção começou na metade
    do século VI a.C. , por ordem do conquistador Creso, rei da Lídia --
    região montanhosa que hoje é o oeste da Turquia. Com 90 metros de altura -
    como a estátua da Liberdade, em Nova York - e 45 de largura,
    o templo era decorado com magníficas obras de arte. Protetora da cidade
    e deusa dos bosques e animais, Ártemis (Diana, para os romanos)
    foi esculpida em ébano, ouro, prata e pedra preta. Tinha as pernas e quadris
    cobertos por uma saia comprida decorada com relevos de animais.
    Da cintura para cima, três fileiras de seios se superpunham. Um ornamento
    em forma de pilar lhe adornava a cabeça.



    Mausoléu de Halicarnasso
    N
    o século IV a.C. , Artemísia, mulher de Mausolo, rei da Cária,
    mandou construir um túmulo em homenagem ao marido:
    o Mausoléu de Halicarnasso. Halicarnasso era a capital da Cária -
    região que englobava cidades gregas ao longo do mar Egeu e
    montanhas do interior e hoje faz parte da Turquia. Durante o reinado
    de Mausolo (370-353 a.C.), a cidade conheceu grande progresso com a
    construção de edifícios públicos; extensa muralha devia protegê-la de ataques.
    O romano Plínio descreveu o mausoléu como um suntuoso monumento
    sustentado por 36 colunas. Com quase 50 metros de altura,
    uma área superior a 1200 metros quadrados. Acima da base quadrada,
    erguia-se uma pirâmide de 24 degraus que tinha no topo uma
    carruagem de mármore puxada por quatro cavalos.
    Dentro ficavam as estátuas de Artemísia e Mausolo,
    além de trabalhos de Escopas, considerado um dos maiores
    escultores da Grécia do século IV. Algumas dessas esculturas,
    como uma estátua de 4,5 metros, provavelmente de Mausolo,
    encontram-se no Museu Britânico. O túmulo foi destruído, provavelmente
    por um terremoto, em algum momento entre os séculos XI e XV. As pedras
    que sobraram da destruição acabaram sendo aproveitadas na construção
    de edifícios locais. Ficou do nome do rei Mausolo a palavra mausoléu, usada
    para designar monumentos funerários.



    Colosso de Rodes
    Colocada à entrada marítima da ilha de Rodes, era
    uma estátua de Hélios, o deus grego rei do controle do tempo -
    deus do sol. Foi finalizada em 280 a.c. e tinha 30 metros de altura.
    Para entrar na ilha, todo barco precisava passar sob as pernas de Helios.
    Rodes, era sua esposa. A construção do Colosso levou 12 anos e foi
    terminada em 282 a.C. Por anos, a estátua ficou na entrada do porto,
    até que um forte terremoto atingiu Rodes em 226 a.C. A cidade estava
    completamente destruída e o Colosso quebrou-se
    no seu ponto mais fraco:
    o joelho. Imediatamente, os rodianos receberam uma oferta
    de Ptolomeu Eurgetes do Egito que cobriria todos os custos de reparação
    para o monumento tombado. Entretanto,
    um oráculo foi consultado e proibiu
    a reconstrução. A oferta de Ptolomeu foi recusada.
    Por quase um milênio, a estátua quebrada permaneceu
    em ruínas. Em 654 d.C., os árabes invadiram Rodes. Eles desmontaram
    o resto do Colosso quebrado e venderam para um comerciante judeu da
    Síria. Acredita-se que os fragmentos foram transportados para a Síria nas
    costas de 900 camelos, e após foi derretido.




    Farol de Alexandria
    A torre de mármore, construída na ilha de Faros, ardia uma chama
    e através de espelhos iluminava à distância ( daqui que vem o termo
    farol). Foi destruída por um terremoto em 1375 e mergulhadores
    encontraram suas ruínas em 1994.
    Foi a maravilha do mundo que mais tempo ficou erguida, se
    não contarmos com as pirâmides de Giza que ainda estão de pé.
    Sostratus, filho de Dexifanes, o Cnidian, dedicou o farol para os
    deuses Salvadores, no interesse dos que velejavam. (Dedicatória
    inscrita no Farol) Das Sete Maravilhas da Antigüidade,
    somente uma tinha um uso prático além de sua
    arquitetura elegante: O Farol de Alexandria. Para os navegantes,
    ele assegurava um retorno seguro para o Grande Porto.
    Para os arquitetos, ele significava algo mais: era a mais alta
    construção da Terra. E para os cientistas, era um misterioso espelho
    que fascinava-os.. O espelho cuja reflexão podia ser
    visto mais de 50 km de distância.



    É nossa uma das


    7 maravilha do planeta...




    A estátua do Cristo Redentor, que fez 75 anos, fica no topo do morro do Corcovado,
    no Rio de Janeiro, e tem 30 metros de altura.
    O monumento foi inaugurado em 1931, depois de cerca de cinco anos de obras,
    e hoje é um dos pontos turísticos mais visitados do Brasil.

    07/07/2007 - 23h42


    Cristo Redentor está entre as


    sete novas maravilhas do mundo


    O Cristo Redentor foi anunciado, neste sábado (7),
    como uma das sete novas maravilhas do mundo.
    Os nomes dos vencedores foram revelados durante
    cerimônia realizada em Lisboa (Portugal).








    Antonio Lacerda/EFE


    Cristo Redentor é uma das novas maravilhas do mundo; anúncio foi feito hoje em Portugal


    Cristo Redentor é uma das novas maravilhas do mundo;

    anúncio foi feito hoje em Portugal



    A notícia foi comemorada em plena praia de Copacabana, um dos palcos do megaevento


    global Live Earth, que contou com shows em oito países para alertar sobre os riscos
    das mudanças climáticas. Assim que saiu o resultado, o músico Falcão, do grupo O Rappa,
    avisou ao público --cerca de 400 mil pessoas. Em seguida, o secretário de turismo da cidade,
    Rubens Medina, subiu ao palco.
    Além do Cristo, foram eleitas como novas maravilhas do mundo
    a Grande Muralha da China, o monumento de Petra, na Jordânia; a cidade inca
    de Machu Picchu, no Peru; a pirâmide de Chichén Itzá, no México; o Coliseu de Roma,
    na Itália; e o Taj Mahal, na Índia.
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou neste sábado uma nota
    parabenizando o Rio e o Brasil. "O Cristo Redentor sempre foi uma maravilha do
    Rio de Janeiro e do Brasil. A partir de agora ele é também uma
    das sete maravilhas do mundo", afirma a nota.









    Divulgação


    Chineses fizeram campanha para que construção não ficasse de fora de concurso


    Chineses fizeram campanha para que construção
    não ficasse de fora de concurso




    O governador do Rio, Sérgio Cabral, também comemorou a conquista.
    "É uma vitória que eleva ainda mais o Rio de Janeiro como um dos destinos
    mais desejados e admirados do mundo. Obrigado, Brasil!"
    A ministra do Turismo, Marta Suplicy, disse por sua vez que a eleição "é o resultado
    da união de esforços de todos os setores sociais do país". Segundo ela, o Ministério
    do Turismo acertará com a Embratur que as campanhas de publicidade no exterior,
    daqui para frente, "darão ainda mais destaque ao Cristo, com peças que lembrem que
    vale a pena visitar uma das sete maravilhas do mundo e todas as outras maravilhas do
    Brasil".
    O concurso, promovido por uma fundação suíça, recebeu votações pela internet
    e por mensagens telefônicas. Ao total, o concurso recebeu cerca de 100 milhões
    de votos.








    Divulgação
    Coliseu de Roma foi um dos eleitos
    Coliseu de Roma foi um dos eleitos



    A iniciativa não tem apoio unânime e a Unesco, que se dedica
    ao patrimônio mundial, decidiu não participar do evento.
    De origem privada, o projeto pretende completar a lista das sete
    maravilhas definidas por volta de 200 a.C.
    As maravilhas da Antigüidade são: o templo de Ártemis, os jardins suspensos
    da Babilônia, o mausoléu de Halicarnassus, o colosso de Rodes, o farol de
    Alexandria, a estátua de Zeus e a grande pirâmide do Egito. Somente esta
    última existe até hoje.
    As pirâmides de Gizé chegaram a figurar na lista de monumentos
    participantes do concurso suíço, mas foram retiradas da lista de votação após
    autoridades egípcias demonstrarem irritação com o fato.







    Ahmad Masood/Reuters
    Taj Mahal está entre novas sete maravilhas; mausoléu é ameaçado por poluição na Índia

    Taj Mahal



    O Cristo


    A estátua do Cristo Redentor possui cerca de 38 metros de altura
    e fica no topo do morro do Corcovado, no Rio de Janeiro, que está a
    740 metros acima do nível do mar.
    O projeto, feito de pedra-sabão e considerado patrimônio histórico
    desde 1937, é do engenheiro Heitor Silva Costa, com colaboração
    do escultor francês de origem polonesa Paul Landowski.
    O desenho final é do artista plástico Carlos Oswald.
    Algumas campanhas tentaram angariar votos para seus representantes.
    O Cristo Redentor, a Muralha da China e Machu Picchu, por exemplo,
    tiveram o apoio de tais estratégias de marketing. Para a maravilha
    brasileira o site www.votecristo.com.br, da campanha Vote Cristo
    arrecadou votos e ensinava como votar no Cristo.







    Divulgação
    O monumento de Petra, na Jordânia
    O monumento de Petra, na Jordânia



    O certificado de participação do monumento no concurso foi recebido
    por Dom Eusébio Scheid, arcebispo do Rio de Janeiro, pelas mãos do
    idealizador do concurso, Bernard Weber, em fevereiro.
    Em junho, a estátua figurava entre os favoritos, mas em maio
    e meses anteriores, a votação para o Cristo não atendia o esperado.
    Evento
    A cerimônia deste sábado foi apresentada pelo ator britânico
    Ben Kingsley e a atriz americana Hillary Swank.








    Divulgação
    Pirâmide de Chichén Itzá, no México
    Pirâmide de Chichén Itzá, no México



    O ex-astronauta Neil Armstrong, o ex-secretário-geral da ONU
    (Organização das Nações UNidas) Kofi Annan, a atriz e a cantora Jennifer Lopez
    e o primeiro-ministro português, José Socrates, presidente em exercício da
    União Européia (UE), estiveram entre os presentes.
    A produção foi retransmitida em mais de 170 países. Os organizadores afirmam
    que a audiência estimada ficou em 1,6 bilhão de espectadores ao redor do mundo.









    8.jun.2007/Folha Imagem

    Machu Picchu, no Peru, recebe diariamente até 2.500 turistas



    Machu Picchu, no Peru, recebe diariamente até 2.500 turistas




    "É a primeira vez na história que todos os cidadãos do mundo puderam
    votar e decidir", comemorou o português Diogo Freitas do Amaral, presidente
    da comissão de honra do evento.
    A primeira parte do evento foi dedicada à proclamação das sete maravilhas
    de Portugal, que não tinham nenhum lugar na competição mundial.
    Machu Picchu
    A cidade de Machu Picchu, uma das novas sete maravilhas, é uma das
    que tem sido apontadas como de rápida deterioração causada pelo fluxo de turistas.
    As autoridades do país negaram em junho de que haja qualquer espécie de risco ao
    patrimônio oferecido pelos visitantes.
    O destino é bastante popular. No final de junho, a modelo e atriz Cameron Diaz
    escolheu o local para passeio e acabou cometendo uma gafe política,
    que não foi a única no país.


    folha online Com Efe e France Presse




    __________________________________________________
















    Galerias Imagens - Images
    A Grande Muralha da China
    the great wall of China

    A cidade Inca de Machu Picchu - PERU
    the city Inca of Machu Picchu - PERU
    O Coliseu de Roma ( "Il Colosseo")
    the Coliseu of Rome
    pirâmide de Chichén Itzá, México
    pyramid of Chichén Itzá, México
    o monumento de Petra, na Jordânia
    the monument of Petra, in Jordan
    o Taj Mahal, na Índia
    the Taj Mahal, in India


    7 maravilhas (1)7 maravilhas (10)7 maravilhas (11)7 maravilhas (12)7 maravilhas (13)7 maravilhas (14)7 maravilhas (15)7 maravilhas (16)7 maravilhas (17)7 maravilhas (18)7 maravilhas (19)7 maravilhas (2)7 maravilhas (20)7 maravilhas (21)7 maravilhas (22)7 maravilhas (23)7 maravilhas (24)7 maravilhas (25)7 maravilhas (3)7 maravilhas (4)7 maravilhas (5)7 maravilhas (6)7 maravilhas (7)7 maravilhas (8)7 maravilhas (9)CRISTO (1)CRISTO (2)CRISTO

    Nenhum comentário:

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...