RECOMENDE O BLOG FILOPARANAVAI PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

    sábado, 27 de fevereiro de 2010

    AULAS/RESUMO

    Counter




    AULAS/RESUMO



    Resumo das aulas das semanas 15-19 e 22-26/02/2010

    → Os estudos de φ ocupam-se diretamente de três recursos básicos para sua boa consecução: o Silêncio, a Leitura e a Escrita. Estas ferramentas são essenciais para o estudo de φ e para o conseqüente ato de filosofar.

    → A atividade filosófica desde o Homem grego tinha a pretensão de dotar o Homem de autonomia plena, isto é dizer, dar ao Homem a possibilidade de pensar por si mesmo, gerar suas próprias opiniões. O Homem seria assim humanizado e ajudaria os demais no processo de Humanização. Esta dinâmica era clara tanto na φ quanto, por exemplo, no método gestado pelo filósofo Sócrates, com sua “Ironia e Maiêutica” - que iremos estudar nos próximos dias.

    → É importante destacar que assim como a φ pode ter esta finalidade nobre, também pode ela ser utilizada para sustentar ideologias nada nobres e que, nada têm de humanizantes, como é a ideologia dos mais ricos, imposta por meios ao alcance dos mesmos, sobre os mais pobres. Tanto a Filosofia, como a Ciência, podem converter-se em conhecimentos manipulados para sustentarem interesses egoístas.

    → É bom recordar ainda que a φ trabalha com a perspectiva de análise centrada no Universal/Geral/Conjunto (dedutiva) e não leva em conta a exceção. Ter isto presente, ajuda no processo de ensino aprendizagem de φ, uma vez que temos que superar os preconceitos que seqüestram nossa RAZÃO dentro dos limites do Senso Comum.

    → A φ pode sim possibilitar ao Homem a passagem do Senso Comum ao Bom Senso e daí até aquele estágio desejado e ideal que seria o do Senso Crítico. Vamos conceituar o Senso Comum. Este conhecimento é básico de todo Homem. Ele é um conhecimento que não exige grande esforço pessoal para ser adquirido. É compartilhado pelas experiências individuais ou grupais e transmitido, geralmente, de pessoa à pessoa através da forma oral. Ele é incoerente, não lógico, não sistematizado. É carregado de preconceito, fechado em si mesmo e nada amigo do novo. O senso comum busca suas explicações no mundo natural e se não consegue esgotar estas explicações apela então ao mundo sobrenatural. Permanecer ou sair do Senso Comum é uma decisão pessoal, permanecer no senso comum, podendo dele sair, é fazer uma opção pela mediocridade.

    → Invertendo o conceito de senso Comum, construído acima, você tem o conceito para Senso Crítico.

    → Não se esqueça que para a φ a DÚVIDA é fundamental diante de qualquer pseudo verdade. É a DÚVIDA que move a φ. É a DÚVIDA a “alma” da φ. Sem a DÚVIDA a φ viraria religião e deixaria de ser φ. Viraria dogma e deixaria de ser contestadora. A φ estaria condenada ao desaparecimento. Mas a DÚVIDA enquanto existir e for exercitada pelo Homem, fará com que a φ continue sua missão...


    → Para a φ a idéia central do Homem como pertencente à única raça hominídea “Homo Sapiens”, em seu atual estágio de evolução e do qual somos atores em cena, é fundamental para o pensamento filosófico se liberar em sua aventura na busca pela verdade. A consciência do mesmo Homem presente em qualquer espaço do Planeta é condição urgente para que possamos debelar qualquer limite ao pensamento filosófico. Desde esta perspectiva a φ rechaça toda e qualquer forma de preconceito e possível discriminação, rompe com os moralismos dogmatizados: O Homem merece ser respeitado independente de sua situação biotípica e/ou mesmo psíquica. Preconceitos e discriminações contra mulheres, crianças, pessoas com necessidades especiais, homossexuais, idosos, negros, índios, pobres, etc., não são mais que ranços moralistas de grupos sociais e/ou religiões, perpetuados em nossas mentes manipuladas. São coisas de gente com “alma pequena”, medíocres. Romper com esses paradigmas e construirmos novos paradigmas que busquem a humanização do Homem, rompendo com todas as formas de violências, esta é a tarefa essencial da φ que queremos compreender em nossas aulas.

    → Em suma, possibilitar o Homem Novo, esta é a tarefa central da φ.

    → Para concluir, de tudo o que vimos nestas primeiras aulas introdutórias, lembre-se, é muito importante, ter presente sempre as três competências que todos os alunos (as) de φ deverão dominar ao longo de nosso curso: Identificar e elaborar PROBLEMAS φsóficos; Identificar e elaborar TEORIAS φsóficas; Identificar e elaborar ARGUMENTOS φsóficos.

    → Estas competências começarão a ser exercitadas já na nossa avaliação processual a partir do texto “Natureza em Destruição: O poder da consciência participante”, adaptado do autor BERMAN, Morris e, o qual, já se encontra em mãos de todos os alunos (as). Vamos através desta atividade aprender não somente φ mas concomitantemente como filosofar. Lembre-se, o conteúdo resumo/revisado em sala de aula é conteúdo para nossa primeira prova. O texto de BERMAN será uma outra avaliação. E para os alunos (as) do matutino já agendamos o “Painel φsófico” – que é outra atividade avaliativa - para a próxima semana; providenciem os materiais orientados e que sustentarão o Painel.

    Um bom fim de semana para todos (as). Um abraço do prof. Lucio


    Estou indicando dois bons dicionários de FILOSOFIA online e gratuitos - na versão língua portuguesa de portugal, basta acessar e pesquisar!!!


    DESTAQUE PRINCIPAL: Enquanto a imprensa brasileira fica no "baixo nível" como é o caso da Revista Isto É que tenta ressuscitar o chamado "Mensalão" para desviar a atenção da corrupção em investigação no Distrito Federal e na capital paulista, envolvendo dois aliados do candidato dos neoliberais, a imprensa internacional destaca o papel de Lula, não só como governante aqui no Brasil mas como o Homem do diálogo lá fora.
    Brasil/El Salvador
    Imprensa de El Salvador aplaude visita de Lula
    Radio France Internationale - Reportagem publicada em 26/02/2010 Última atualização 26/02/2010 12:02 TU

    O presidente de El Salvador, Maurício Funes, se inspira no modelo de gestão de Lula para governar.

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o primeiro líder estrangeiro a visitar El Salvador desde que o ex-guerrilheiro Maurício Funes assumiu a presidência, em junho do ano passado.

    A expectativa dos salvadorenhos é grande, já que Funes é um lulista declarado e faz um governo inspirado no modelo de gestão brasileiro. Os laços ideológicos entre os dois governos ainda são reforçados pelas ações da primeira-dama, a advogada paulista Vanda Pignato, petista histórica, que apresentou Lula a Funes e hoje ocupa a Secretaria de Inclusão Social de El Salvador.

    A imprensa salvadorenha considera a visita de Lula positiva por várias razões: os dois países assinam acordos de cooperação econômica em diversas áreas. El Salvador conta com o Brasil para diversificar suas relações com a comunidade internacional e, no cenário político regional, Lula oferece um contrapeso à influência do venezuelano Hugo Chávez que tenta, segundo o jornal Prensa Gráfica, dominar a região.

    Em uma longa entrevista publicada na quinta-feira pelo jornal salvadorenho, Lula diz que El Salvador é um país estratégico para o Brasil na América Central, tanto do ponto de vista político como de investimentos para as empresas brasileiras. Ele dá dois exemplos de projetos de cooperação em andamento: O BNDES vai disponibilizar uma linha de crédito de 300 milhões de dólares para a renovação da frota de ônibus de El Salvador; e técnicos brasileiros avaliam a construção de uma refinaria de etanol em Usulután, com capacidade para produzir 100 milhões de litros de etanol por ano.

    Durante a visita de Lula, os dois países também firmam acordos nas áreas da Saúde, Agricultura e Educação.

    _________________________
    BRASIL: QUEM TE VIU, QUEM TE VÊ
    Lula rejeita pressão dos EUA sobre visita ao Irã: "Só presto contas ao povo brasileiro"

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, nesta sexta-feira, que não tem de prestar contas sobre sua visita ao Irã, prevista para maio, "a não ser ao povo brasileiro".

    "Não vejo nenhum problema em eu visitar o Irã e não terei de prestar contas a ninguém, a não ser ao povo brasileiro", disse o presidente, durante visita a El Salvador.

    O presidente havia sido questionado sobre o encontro que terá, na próxima semana em Brasília, com a secretária de Estado americano, Hillary Clinton - e se essa reunião poderia resultar numa mudança de postura do governo brasileiro em relação ao Irã.

    Segundo o presidente, a relação com os Estados Unidos é "soberana".

    "A relação americana é uma relação soberana. Eles visitam quem querem e eu visito quem eu quero dentro do respeito soberano de cada país", acrescentou Lula.

    Acordo

    O presidente Lula disse, no entanto, que "não concordará" com o governo iraniano, caso este decida ampliar seu programa nuclear para um enriquecimento de urânio acima de 20%.

    "O Irã estará rompendo com o tratado que é feito por todos nós, nas Nações Unidas. E eu não poderia concordar", disse Lula.

    Há duas semanas o governo iraniano deu início a um processo de enriquecimento de urânio a 20%, ponto a partir do qual a criação de uma arma nuclear torna-se mais próxima.

    Desde então, diversos países, entre eles Estados Unidos e França, vêm defendendo uma nova rodada de sanções econômicas a Teerã.

    O governo brasileiro tem declarado ser contrário à idéia, com o argumento de que a medida dificultaria o diálogo com o Irã, resultando em um maior isolamento do país. O tema deverá se discutido durante a visita de Hillary ao Brasil.

    Experiência brasileira

    Considerado um discípulo de Lula em função da proximidade entre os dois governantes, Mauricio Funes ouviu de Lula uma série de sugestões sobre como replicar em El Salvador a "experiência brasileira".

    Lula disse que seu governo "assumiu o compromisso" de que, para construir casas populares, "tem de ter subsídio, sim" e anunciou a expansão do programa Minha Casa, Minha Vida para 1 milhão de novas casas.

    Segundo o presidente, o anúncio oficial será feito no final de março, durante o lançamento da 2ª versão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

    Ao lado de Lula, Funes se disse "preocupado" com o fato de que o presidente brasileiro não estará à frente do governo a partir de 2011.

    "Estou torcendo para que a candidata do PT, Dilma Roussef, ganhe as eleições", disse o presidente salvadorenho
    fonte: site pt

    Nenhum comentário:

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...